Como ser uma micropigmentadora de sucesso

A micropigmentação tem crescido cada vez mais na área da estética, e seu sucesso se justifica, principalmente, por ser um procedimento eficiente, rápido e acessível. A bela arte de desenhar e preencher falhas valoriza a beleza da mulher de maneira natural e harmônica.

A possibilidade de acordar mais bonita e a praticidade que a micropigmentação oferece tem atraído cada vez mais adeptas, o que pode se tornar uma ótima oportunidade de negócio para você conquistar mais clientes.

Acompanhe este artigo e saiba o que você precisa para se tornar uma micropigmentadora de sucesso!

Busque o aperfeiçoamento profissional

Assim como em qualquer área, o segredo para ser um profissional bem-sucedido é se atualizar constantemente. Ao contrário do que muitos pensam, o artista que trabalha com micropigmentação deve, sim, ter conhecimentos teóricos. Com isso, é possível executar a prática com perfeição.

Além de ter conhecimentos em medidas e simetria, você deve ter noção de áreas como a fisiologia da pele, a ciência das cores e a atuação dos pigmentos em contato com a pele.

Não é necessário cursar uma faculdade de estética para se tornar uma micropigmentadora de sucesso. Hoje o mercado oferece diversos cursos voltados para a área e, por meio dessa especialização contínua, sua carreira crescerá ainda mais!

Quer saber um pouco mais a respeito de como se aperfeiçoar profissionalmente? Acesse nosso site e confira as opções de cursos!

Efeito natural em primeiro lugar

A sobrancelha é a moldura do olhar. Ela tem o poder de criar a identidade visual e valorizar os pontos fortes de cada pessoa. Não à toa, o trabalho de micropigmentação deve ser feito da maneira mais natural e leve possível. Muitos profissionais acabam perdendo a mão na hora da aplicação, e o resultado pode não sair como o esperado.

Antes de mais nada, é necessário considerar a harmonia do rosto da cliente. Devem ser avaliados dados como:

› Idade;

› Personalidade;

› Cor do cabelo.

Essas são apenas algumas das informações essenciais para criar uma bela identidade visual.

Pigmentos escuros, por exemplo, devem ser utilizados com cautela para que o visual não fique carregado e artificial. Sobrancelhas muito grossas também devem ser evitadas.

Sobrancelhas muito arqueadas ou juntas, por exemplo, transmitem uma impressão mais séria. As muito finas, por sua vez, podem envelhecer.

Lembre-se: o que sempre deve prevalecer é o traço natural da cliente, tornando-se primordial que o profissional conheça os formatos para cada tipo de rosto.

Explique como funciona o procedimento

Cada pessoa tem uma sensibilidade diferente. Enquanto a micropigmentação pode ser mais dolorosa para umas, outras podem sentir quase nenhum desconforto durante a aplicação. Portanto, explicar os detalhes do processo e tirar todas as dúvidas são fatores essenciais para transmitir confiança desde o primeiro contato com sua cliente.

Esclareça pontos, como: quais são os aparelhos utilizados, como a técnica é feita e que, dependendo da sensibilidade, pode haver um incômodo durante o processo.

Você deve deixar sua cliente o mais confortável e segura possível, e isso vale tanto em relação à segurança do procedimento quanto à higiene do local.

Explique os cuidados após a aplicação

Os cuidados pós-micropigmentação são elementares para um resultado bem-sucedido. Oriente sua cliente a tomar algumas precauções, como:

› Usar pomada cicatrizante;

› Evitar o excesso de proteínas, pois elas são inflamatórias;

› Não se expor ao sol durante 15 dias;

› Diminuir o consumo de alimentos ácidos;

› Comer betacaroteno para conservar o pigmento;

› Não tocar a área pigmentada;

› Evitar molhar o local.

O que achou das dicas? Seguindo-as, sua carreira na área de micropigmentação só tem a crescer! Deixe a sua opinião nos comentários!

Quer saber mais sobre o assunto? Curta nossa página no Facebook e fique por dentro de todas as novidades no setor!


Veja mais dicas.